10:42 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Homem tenta apanhar gafanhotos no Iêmen

    Arábia Saudita oferece mediação para conflito no Iêmen

    © AFP 2019 / Mohammed Huwais
    Oriente Médio e África
    URL curta
    907
    Nos siga no

    Riad pediu que as partes envolvidas no conflito do Iêmen realizem negociações de paz no reino, disse o Ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita após os separatistas do Iêmen tomarem o palácio presidencial na capital interina do país.

    No sábado, as Forças do Cinturão de Segurança, leais ao separatista Conselho de Transição do Sul do Iêmen, capturaram acampamentos militares, prédios do governo e o palácio presidencial na cidade portuária de Aden, que foi a sede do internacionalmente reconhecido governo iemenita.

    As forças sauditas, que apoiam o governo iemenita, tiveram que se retirar do palácio e partir para a base militar da coalizão em Al Barika, a oeste de Aden. O vice-ministro do Exterior do Iêmen, Mohammed Hadrami, descreveu o incidente como um golpe.

    A chancelaria saudita convocou "todas as partes envolvidas no conflito" a realizar uma reunião na Arábia Saudita "para discutir as diferenças, exercer prudência e diálogo, renunciar a divisão, acabar com conflitos e unir."

    A região sul do Iêmen está buscando independência e o retorno do status quo que existia antes da unificação do Iêmen do Norte e do Sul em um único estado em 1990.

    Mais:

    Coalizão saudita anuncia ofensiva no Iêmen
    Mídia: houthis derrubam avião de reconhecimento saudita no céu sobre Iêmen
    Houthis acusam exército do Iêmen de bombardear prédio da ONU
    EUA planejam criar coalizão para 'liberdade de navegação' em águas estratégicas do Irã e Iêmen
    Iêmen: separatistas anunciam tomada de palácio presidencial em Áden
    Tags:
    Israel, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar