17:08 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Segurança afegã patrulha cidade de Ghazni na província de Cabul, Afeganistão, 12 de agosto de 2018

    Ajuda dos EUA ao Afeganistão continua caótica após US$ 83,3 bilhões gastos, diz inspetor geral

    © AP Photo/ Mohammad Anwar Danishyar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    432
    Nos siga no

    O repasse de recursos dos Estados Unidos enviados para a segurança do Afeganistão continua caótico mesmo após o envio de mais de US$ 83 bilhões desde o começo deste século, disse nesta segunda-feira (29) o inspetor geral para reconstrução do Afeganistão (Sigar) John Sopko.

    "Depois de 17 anos de envolvimento dos EUA no Afeganistão e apropriações dos EUA relacionadas à segurança, totalizando US$ 83,3 bilhões, não há uma pessoa, agência, país ou serviço militar que tenha a responsabilidade exclusiva de supervisionar a assistência do setor de segurança", disse Sopko.

    No último relatório da Inspetoria Geral, Sopko descobriu que a responsabilidade pela administração dos recursos de ajuda tinha uma administração confusa e dividida entre entre várias entidades dos EUA e internacionais.

    O Sigar classificou em relatório a tomada de decisões para o fornecimento de equipamento militar e treinamento como "míope" e disse que armamentos foram transferidos "sem treinamento e apoio adequados".

    O Sigar foi criado em 2008 pelo Congresso dos EUA para fornecer análises independentes sobre os recursos investidos para a reconstrução do Afeganistão.

    Mais:

    'Não quero matar 10 milhões de pessoas': Trump diz que venceria guerra do Afeganistão em 10 dias
    Comandante de milícia morre em explosão no Afeganistão
    Afeganistão planeja iniciar negociações diretas com Talibã em 2 semanas
    Pelo menos 20 combatentes do Talibã são mortos em ataques aéreos dos EUA no Afeganistão
    Ataque do Talibã deixa policiais mortos no Afeganistão
    Tags:
    EUA, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar