12:55 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Drones de ataque com mísseis Grey Eagle (imagem ilustrativa)

    Pelo menos 20 combatentes do Talibã são mortos em ataques aéreos dos EUA no Afeganistão

    © AFP 2019 / HO / US ARMY
    Oriente Médio e África
    URL curta
    435
    Nos siga no

    Pelo menos vinte militantes do Talibã foram mortos em ataques aéreos liderados pelos EUA, conduzidos na província de Ghazni, no Afeganistão, informou a mídia local, citando os militares afegãos.

    Os ataques aéreos foram realizados nas áreas de Syed Wali e Marwarda, no distrito de Qarabagh, informou neste sábado a agência de notícias Khaama Press, citando o 203o Corpo do Exército Nacional Afegão.

    A operação é realizada logo após uma nova rodada de conversações de paz dos EUA e do Talibã no Qatar ter sido suspensa por dois dias.

    Washington está tentando chegar a um acordo de paz com o movimento radical, propondo a retirada de suas tropas do Afeganistão em troca de garantias de que o país não seria usado como refúgio para terroristas.

    Na quinta-feira, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, concordaram em acelerar os esforços para encerrar uma guerra de quase duas décadas depois de um telefonema.

    O telefonema aconteceu dias depois do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter dito que poderia eliminar o Afeganistão do mapa, mas decidiu não fazê-lo, já que causaria 10 milhões de mortes. Os comentários foram posteriormente criticados pelo ex-presidente afegão Hamid Karzai como "um grande insulto" ao povo de seu país.

    Mais:

    Afeganistão planeja iniciar negociações diretas com Talibã em 2 semanas
    'Não quero matar 10 milhões de pessoas': Trump diz que venceria guerra do Afeganistão em 10 dias
    Comandante de milícia morre em explosão no Afeganistão
    Tags:
    processo de paz, Talibã, Afeganistão, EUA, ataque aéreo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar