18:37 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Secretário de Estado dos EUA Mike Pompeo

    Pompeo diz que iria 'alegremente' a Teerã explicar os motivos dos EUA

    © AP Photo / Phil Nijhuis
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8110
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, disse nesta quinta-feira (25) que "alegremente" iria a Teerã para discutir as tensões entre os EUA e Irã.

    Pompeo disse, em entrevista à Bloomberg, iria de bom grado à televisão iraniana para explicar o pensamento norte-americano por trás das sanções.

    "Eu gostaria de ter a chance de falar diretamente ao povo iraniano [...] sobre o que a liderança deles fez e como prejudicou o Irã", disse ele.

    As tensões entre Washington e Teerã aumentaram desde que o presidente dos EUA, Donald Trump, retirou seu país do acordo nuclear com o Irã, em maio de 2018. Após a saída unilateral, os EUA reimpuseram sanções econômicas sobre diversos setores estratégicos do Irã.

    O ministro das Relações Exteriores no Irã, Mohammad Javad Zarif, acusou os EUA, durante uma visita à ONU na semana passada, de usar as sanções para promover "terrorismo econômico".

    Segundo a AFP, Pompeo refutou as acusações nesta quinta-feira (25) e disse que Zarif está no comando do governo iraniano tanto quanto um "homem na lua".

    "No final do dia, isso é dirigido pelo aiatolá", disse Pompeo. Ele acrescentou que o objetivo dos EUA é "criar a maior estabilidade possível no Oriente Médio".

    "Então, nós acabamos com o acordo, paramos de dar-lhes dinheiro, pressionamos o regime iraniano e estamos forçando-os a tomar decisões difíceis sobre como vão se comportar", disse Pompeo.

    "Queremos mudar o comportamento da liderança iraniana para que o povo iraniano possa finalmente ter o que merece", conclui.

    Mais:

    Irã ameaça boicotar importações do Brasil se navios continuarem parados na costa brasileira
    Brasil pode 'pagar o pato' por alinhar-se aos EUA contra o Irã, diz especialista
    Índia tenta libertar tripulação de petroleiro britânico apreendido pelo Irã
    Mundo deveria agradecer o Irã por proteger o golfo Pérsico, diz Rouhani
    Tags:
    Donald Trump, Mike Pompeo, Washington, Teerã, Mohammed Javad Zarif, Irã, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar