23:46 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Míssil iraniano de longo alcance, foto de arquivo

    Irã pode lançar retaliação 'devastadora' se for atacado, declara comandante iraniano

    © AP Photo / Amir Kholousi, ISNA via AP
    Oriente Médio e África
    URL curta
    15353
    Nos siga no

    O Irã não é uma nação agressora mas, se for atacado, usará suas capacidades ofensivas de forma eficaz contra o inimigo, afirmou o comandante das Forças Armadas iranianas.

    "Nós nunca iniciamos qualquer guerra e nunca iniciaremos, no entanto, não confiamos apenas na defesa. Na fase inicial do ataque inimigo, vamos nos defender, mas nosso poder ofensivo e nossa capacidade de atacar o inimigo são devastadores e os farão se arrepender [de ter iniciado uma guerra]", disse o major-general Abdolrahim Mousavi.

    "Sendo mais forte do que antes, não vamos ceder um centímetro na defesa de nossos ideais e do país", afirmou o comandante, ressaltando que os militares iranianos provaram seu valor durante a guerra entre o Irã e o Iraque, que ocorreu entre 1980 e 1988.

    Recentemente, o comandante das forças terrestres da Guarda Revolucionária, o general Mohammad Pakpour, afirmou que os militares iranianos elaboraram uma nova "doutrina de ataque profundo" para operações em uma eventual guerra.

    Membros da Guarda Revolucionária do Irã navegam próximo a uma embarcação iraniana durante manobras ao longo do mar do Golfo e do mar de Omã.
    © AFP 2019 / IRNA
    Membros da Guarda Revolucionária do Irã navegam próximo a uma embarcação iraniana durante manobras ao longo do mar do Golfo e do mar de Omã

    As tensões entre os EUA e o Irã aumentaram após o Irã abater um avião militar não tripulado norte-americano, que supostamente estava sobrevoando o território iraniano. Na ocasião, os EUA transferiram um grupo naval de ataque para a área do Oriente Médio, além de reforçar sua presença militar na região, sob a alegação de uma "iminente" ameaça iraniana aos interesses dos EUA.

    Mais:

    Rússia, China, Irã e Venezuela usarão criptomoedas para desafiar EUA, diz relatório
    Após falar com Londres, Zarif diz que Irã exportará petróleo 'sob quaisquer circunstâncias'
    Tensão entre Irã e Estados Unidos: União Europeia afirma apoiar mediação do Iraque
    Tags:
    exército, comandante, defesa, ofensiva, ataque, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar