08:14 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Petroleiro Grace 1

    Irã exige libertação imediata de petroleiro apreendido pelo Reino Unido, segundo relatos

    © REUTERS / Stringer
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10242
    Nos siga no

    O petroleiro iraniano havia sido apreendido pelo governo do território britânico de Gibraltar, sob suposta acusação de violar as sanções internacionais.

    O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Abbas Mousavi afirmou que o país exige que os britânicos libertem o petroleiro imediatamente.

    "Este é um jogo perigoso e tem consequências [...], os pretextos legais para a captura não são válidos. A libertação do petroleiro é do interesse de todos os países [...]", afirmou Mousavi.

    "As potências estrangeiras devem deixar a região, pois o Irã e outros países regionais são capazes de garantir a segurança da região", completou.

    O conflito entre os dois países aumentou depois de o governo de Gibraltar ter apreendido o petroleiro iraniano, que supostamente transportava petróleo para a Síria.

    Navio de abastecimento iraniano Kharq no porto do Sudão, outubro de 2012
    © AFP 2019 / ASHRAF SHAZLY
    Navio de abastecimento iraniano Kharq no porto do Sudão, outubro de 2012

    Por sua vez, Londres afirma ter sido avisada pelos EUA de que o petróleo estava a caminho da Síria, violando as sanções da UE.

    Teerã nega as alegações de que o navio estaria transportando petróleo para a Síria. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, afirmou que a apreensão do petroleiro iraniano Grace 1 equivale a "pirataria" e “cria um precedente perigoso”.

    Mais:

    Sanções contra o Irã vão aumentar 'substancialmente', diz Trump
    Irã nega tentar deter petroleiro britânico no golfo Pérsico
    Acordo nuclear do Irã não é renegociável, diz enviado iraniano na AIEA
    Tags:
    petróleo, Irã, liberação, apreensão, petroleiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar