10:10 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira da Agência Internacional de Energia Atômica em frente à sede da organização em Viena

    AIEA confirma: Irã ultrapassou o limite de enriquecimento de urânio

    © AFP 2019 / JOE KLAMAR
    Oriente Médio e África
    URL curta
    330

    O diretor geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, afirmou hoje que especialistas da organização confirmaram que o Irã já superou o limite de enriquecimento de urânio estipulado no acordo nuclear firmado com as potências estrangeiras em 2015.

    "O diretor-geral Yukiya Amano informou ao conselho da AIEA que os inspetores da agência determinaram em 8 de julho que o Irã enriquece o urânio-235 acima de 3,67%", declarou o porta-voz da agência, Fredrik Dahl. 

    ​No último domingo, Teerã anunciou que começaria a enriquecer urânio acima dos 3,67% já nesta segunda-feira, decisão fortemente criticada por governos europeus, que, por sua vez, falham em atender a demandas iranianas para compensar as perdas provocadas pela retirada unilateral dos Estados Unidos do acordo nuclear — Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA) — no ano passado. De acordo com as autoridades iranianas, se a Europa seguir ignorando esses apelos para contornar as sanções ilegais impostas pelos EUA, o Irã não terá outra alternativa a não ser reduzir progressivamente o cumprimento de seus compromissos no âmbito do JCPOA.

    Mais:

    Reino Unido e Alemanha pedem que Irã interrompa imediatamente seu enriquecimento de urânio
    Chanceler iraniano apela a três países da UE a apoiarem Irã frente às ações unilaterais dos EUA
    Irã planeja cobrar pedágio de navios no estreito de Ormuz
    Tags:
    JCPOA, Yukiya Amano, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), urânio, EUA, Europa, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar