12:36 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, perto de um sistema 3 Khordad que teria sido usado para abater um drone militar americano

    Irã supera limites de urânio estabelecidos por acordo nuclear

    © REUTERS / Handout
    Oriente Médio e África
    URL curta
    15301
    Nos siga no

    O Irã informou nesta segunda-feira (1) que ultrapassou o limite de suas reservas de urânio enriquecido estabelecidas pelo acordo nuclear de 2015 — que está ameaçado pela pressão dos Estados Unidos.

    Israel pediu aos países europeus que sancionem o Irã, enquanto a Rússia manifestou pesar, mas disse que a medida foi consequência da pressão dos EUA.

    A Grã-Bretanha pediu a Teerã "que evite qualquer passo adiante" do acordo histórico e a ONU disse que o Irã deve manter seus compromissos sob o acordo.

    "O Irã ultrapassou o limite de 300 quilos com base em seu plano", anunciou em maio o ministro das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, à agência de notícias semi-oficial ISNA.

    Os Estados Unidos se retiraram do acordo nuclear no ano passado e voltaram a aplicar sanções contra o importante setor de petróleo do Irã. 

    Teerã, que tentou pressionar os Estados remanescentes para salvar o acordo, anunciou no dia 8 de maio que deixaria de respeitar o limite imposto ao seus estoques de urânio enriquecido e água pesada.

    O Irã também ameaçou ir mais longe e abandonar mais compromissos nucleares, a menos que os parceiros restantes — Grã-Bretanha, China, França, Alemanha e Rússia — ajudassem a contornar as sanções, especialmente para vender seu petróleo.

    Em outro comentário, Zarif insistiu que o Irã não fez nada de errado. No Twitter, Zarif afirmou que a medida não significa uma violação do acordo nuclear e disse que Teerã irá reverter sua posição assim que os países europeus do pacto "cumpram suas obrigações".

    A Agência Internacional de Energia Atômica confirma que os iranianos violaram os limites do acordo nuclear. 

    Mais:

    Será que mecanismo financeiro da Europa poderia lidar com sanções dos EUA contra Irã?
    Moscou lamenta que Irã tenha excedido o limite de urânio enriquecido
    ONU pede que Irã siga acordo nuclear por 'benefícios econômicos'
    Premiê do Iraque tente limitar poder de milícias ligadas ao Irã
    Tags:
    Estados Unidos, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar