12:33 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Uma usina nuclear de água pesada na cidade de Arak, Irã (Foto de arquivo)

    Irã aumentará enriquecimento de urânio em breve, diz site

    © AP Photo / ISNA, Hamid Foroutan, File
    Oriente Médio e África
    URL curta
    462

    O Irã estaria próximo de ultrapassar os limites de enriquecimento de urânio estabelecidos pelo acordo nuclear iraniano, disse uma fonte anônima ao site Fars News.

    Ao ultrapassar o limite, o Irã estaria infringindo o que foi estabelecido no Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA) e enviando um recado aos demais signatários do acordo.

    O enviado do Irã a uma reunião dos signatários restantes no acordo nuclear de 2015 disse na sexta-feira (28) que os países europeus ofereceram muito pouco nas negociações para persuadir Teerã a desistir de seus planos de romper os limites impostos pelo acordo, disse a Fars News Agency citando uma fonte anônima.

    "Como a reunião da comissão em Viena não poderia satisfazer as justas exigências do Irã [...] o Irã está determinado a reduzir seus compromissos com o acordo e o limite de 300 kg de urânio enriquecido será violado em breve", disse a fonte anônima, segundo a Fars.

    Na sexta-feira (29), o Ministério das Relações Exteriores iraniano disse que o Irã dará outro passo decisivo na redução de suas obrigações sob o JCPOA se o Instrumento de Apoio ao Comércio da UE (INSTEX) não atender às exigências de Teerã.

    O Irã lembrou às partes remanescentes do acordo nuclear - França, Alemanha, Reino Unido, China, Rússia e União Europeia - sobre sua decisão de abandonar algumas partes do acordo e também sobre o prazo estabelecido de 60 dias dado à Europa em maio para que assegurassem os interesses do Irã no acordo. Caso contrário, Teerã afirmou que, se este pedido não for atendido, continuará abandonando suas obrigações ao suspender a modernização do reator nuclear de Arak e abandonar as restrições aos níveis de enriquecimento de urânio.

    Em meio ao aumento das tensões com os EUA, a INSTEX foi formalmente lançada pela França, Alemanha e Reino Unido para facilitar o comércio com o Irã em face das sanções dos EUA cinco meses atrás, mas o Irã desde então criticou a ferramenta como uma medida fraca e com capacidade limitada. Os países da União Europeia disseram que o mecanismo inicialmente tratará de alimentos e remédios, enquanto Teerã quer incluir o comércio de petróleo.

    Mais:

    Irã: ameaças de guerra de Trump contra Teerã são ilegais perante direito internacional
    Embaixador do Irã alerta Bolsonaro: 'É possível destruir relações muito rapidamente'
    Rússia está disposta a fornecer sistemas S-400 para Irã
    EUA enviam mais caças furtivos ao golfo Pérsico em meio ao aumento das tensões com Irã
    Tags:
    Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), Fars News, Instrumento de Apoio ao Comércio Exterior (INSTEX), Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar