13:50 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Chanceler do Irã Mohammad Javad Zarif

    Irã: ameaças de guerra de Trump contra Teerã são ilegais perante direito internacional

    © AP Photo / Vahid Salemi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    861
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, qualificou de ilegais as ameaças do líder americano Donald Trump contra o Irã.

    Nesta quarta-feira (26), o chanceler iraniano disse que as intimidações do presidente dos EUA para destruir o Irã, caso Teerã tente realizar qualquer ataque à soberania dos EUA, são ilegais prante o direito internacional.

    "Essa declaração indica que as intenções dos EUA são certamente ilegais. Os Estados Unidos não estão em posição de destruir o Irã, eles não têm a capacidade além de usar armas proibidas para fazer isso", disse Zarif em uma entrevista à CNN.

    O ministro iraniano também lembrou que a ameaça de guerra era ilegal sob a Carta das Nações Unidas, enfatizando que Teerã não busca por conflitos.

    Retaliação esmagadora

    Trump afirmou na terça-feira (25) que um ataque iraniano a "qualquer coisa americana" seria retaliado com grande e esmagadora força, até à "destruição".

    Em maio deste ano, o Irã disse que suspenderia parcialmente suas obrigações no âmbito do acordo nuclear. Desde então, o conflito EUA-Irã agravou significativamente a situação de segurança no Oriente Médio. Washington reforçou sua presença militar na região, enviando um grupo de ataque de porta-aviões, mísseis Patriot, bombardeiros B-52 e caças F-15.

    A relação entre os Estados Unidos e o Irã vem se deteriorando progressivamente desde que Trump, em 2018, retirou unilateralmente o país do acordo nuclear com Teerã, aplicando sucessivas medidas restritivas contra a República Islâmica e atacando seus principais setores econômicos.

    Mais:

    Trump: possível guerra com Irã 'não vai durar muito'
    Petróleo a US$ 300: por que guerra entre Irã e EUA seria uma catástrofe para economia global?
    Qualquer passo errado pode conduzir a confronto aberto entre EUA e Irã, avisa cientista político
    Tags:
    EUA, direito internacional, Carta da ONU, ilegal, Mohammed Javad Zarif, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar