05:30 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2536
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira (25) Teerã com uma dura resposta a qualquer ação hostil que o país pudesse tomar contra os EUA, reiterando suas declarações anteriores em que prometeu que tais ataques serão "o fim do Irã".

    "A declaração ignorante e insultante do Irã, divulgada hoje, mostra apenas que eles não entendem a realidade", disse Trump via Twitter. "Qualquer ataque do Irã a qualquer elemento americano será recebido com grande e esmagadora força. Em algumas áreas, esmagadora significará obliteração."

    Trump disse que a liderança iraniana está gastando todo o seu dinheiro em terror e pouco em qualquer outra coisa. O presidente dos EUA observou que os Estados Unidos não se esqueceram do uso que o Irã fez de dispositivos explosivos improvisados ​​e projéteis que mataram cerca de 2.000 americanos e feriram muitos mais.

    Mais cedo nesta terça-feira (25), o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Abbas Mousavi, disse que as últimas sanções dos EUA contra a liderança de seu país irão fechar para sempre o caminho da diplomacia.

    ​Os Estados Unidos impuseram na segunda-feira sanções ao líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, e a oito comandantes da Marinha, Aeronáutica e Forças Terrestres do Irã, do Corpo de Guardas da Revolução Islâmica.

    A decisão veio depois que o Irã anunciou na quinta-feira passada que derrubou um avião de vigilância americano sobrevoando a província costeira de Hormozgan após violar o espaço aéreo do Irã. O Comando Central dos EUA disse que o drone foi abatido enquanto operava em águas internacionais no Estreito de Hormuz.

    Após o incidente, Trump disse que ordenou ataques a alvos no Irã, mas cancelou os ataques como resposta desproporcional e decidiu revelar novas sanções.

    As tensões entre o Irã e os Estados Unidos aumentaram desde que Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear de 2015 com o Irã e começou a impor novamente as sanções.

    Mais:

    Trump diz que vai aplicar sanções contra o aiatolá Ali Khamenei
    Irã condena novas sanções dos EUA apelidando Casa Branca de 'atrasados mentais'
    Chanceler do Irã zomba das palavras de Trump sobre 150 vítimas, lembrando passado nuclear dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar