15:58 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Marinheiros no convés do porta-aviões USS George H.W. Bush (CVN 77), no Golfo Pérsico

    Vice-chanceler russo: EUA estão agravando situação no golfo Pérsico conscientemente

    © AFP 2019 / MOHAMMED AL-SHAIKH
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4112
    Nos siga no

    Estados Unidos estão conscientemente agravando a situação no golfo Pérsico com Washington tentando piorar ao máximo a situação, afirmou o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov.

    "É o reflexo da linha de agravação consciente da situação. Não temos dúvidas de que as lideranças militar e política dos EUA não se detêm em nenhuma ação para tornar a situação mais difícil possível e, mais importante ainda, para aumentar a pressão sobre o Irã", disse Ryabkov a jornalistas.

    Segundo o vice-chanceler, isso contradiz completamente a compreensão da Rússia do que deve ser feito em tais situações, porque a Rússia considera necessário dobrar esforços diplomáticos e políticos para estabilizar a situação e reduzir a tensão na região.

    Ryabkov explicou que Rússia é a favor da formação de um sistema de segurança coletiva na região do golfo Pérsico com o reforço de medidas de confiança e estabelecimento de contatos diretos entre os países da região para melhoramento das relações bilaterais deles.

    "E, é claro, para preservar as chances de uma maior segurança e para cumprimento posterior do JCPOA, que está com perspectivas, dado o que está acontecendo, cada vez mais nebulosas", acrescentou Ryabkov.

    Na segunda-feira (17), o Departamento de Defesa dos EUA anunciou o preparo para envio de forças adicionais ao Oriente Médio em resposta à "ameaça" do Irã, que, segundo Washington, foi responsável pelos ataques a petroleiros no golfo de Omã.

    O secretário interino de Defesa dos EUA, Patrick Shanahan, declarou que mais 1.000 soldados serão enviados para o Oriente Médio. Segundo ele, essas ações não visam confronto com o Irã, mas atendem aos interesses de segurança dos EUA e seus aliados.

    Mais:

    Oficial do Irã aos sauditas: Parem de apoiar os EUA ou sofram com 'decisão chocante'
    EUA não devem se sentir seguros após iniciarem guerra econômica, diz chanceler do Irã
    Autoridades do Irã desmantelam rede de ciberespionagem dos EUA
    Tags:
    Sergei Ryabkov, política, EUA, agravamento, Golfo Pérsico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar