14:23 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Segurança afegã patrulha cidade de Ghazni na província de Cabul, Afeganistão, 12 de agosto de 2018

    Alemanha e Qatar buscam intermediar conversas de paz no Afeganistão

    © AP Photo/ Mohammad Anwar Danishyar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4 0 0
    Nos siga no

    A Alemanha e o Catar estão trabalhando para organizar um "diálogo inter-afegão", disse uma autoridade da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quarta-feira (19) em um esforço para iniciar negociações formais entre o governo de Cabul e o Talibã.

    O diplomata norte-americano Zalmay Khalilzad reuniu-se repetidamente com o Talibã com o horizonte de retirar as tropas dos EUA que estão há 18 anos no país do Oriente Médio.

    É a mais longa guerra da história de Washington. 

    Um grande obstáculo continua sendo a recusa do Talibã em negociar com o governo do presidente afegão, Ashraf Ghani, que conta com apoio internacional, mas é visto pelos terroristas islâmicos ultraconservadores como um fantoche dos EUA.

    "As negociações diretas entre os Estados Unidos e o Talibã continuam com amplo apoio internacional", disse Tadamichi Yamamoto, chefe da Missão de Assistência da ONU no Afeganistão, ao Conselho de Segurança da ONU.

    Além desse esforço, "o Afeganistão e alguns de seus parceiros internacionais, em particular a Alemanha e o Qatar, estão se preparando para um diálogo inter-afegão", disse ele sem dar detalhes ou um cronograma.

    "Todos esses esforços precisam ser direcionados para um objetivo comum: iniciar negociações formais entre o governo do Afeganistão e o Talibã para chegar a um acordo de paz", acrescentou Yamamoto, que também serve como representante especial do secretário-geral da ONU para o Afeganistão.

    "A mensagem comum aos talibãs é clara: venha à mesa e negocie diretamente com o governo afegão."

    Os Estados Unidos e outros países, incluindo a França, disseram ao Conselho de Segurança que apoiam a iniciativa alemã-catariana.

    Tags:
    Afeganistão, Alemanha, Organização das Nações Unidas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar