11:59 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Reator de Arak, Irã, 15 de janeiro de 2011

    Irã prevê superar limite de urânio enriquecido em 10 dias

    © AP Photo / Hamid Foroutan
    Oriente Médio e África
    URL curta
    641
    Nos siga no

    O porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã, Behrouz Kamalvandi, foi citado pela ISNA como tendo dito na segunda-feira (17) que o país quebrará em 10 dias o seu limite de estoques de urânio estabelecido no Plano de Ação Integral Conjunto (JCPOA), também conhecido como acordo nuclear do Irã.

    Segundo mídia, falando na usina nuclear de Arak, o funcionário disse que o Irã pode exportar água pesada e que esse passo não seria considerado uma violação do acordo nuclear.

    Ele também pode aumentar o enriquecimento do urânio até 20% para o uso em reatores locais. Kamalvandi acrescentou que os países europeus precisam "agir em vez de falar", intervindo pelo Irã para proteger o país das sanções dos EUA.

    O porta-voz destacou que os signatários ainda têm algum tempo enquanto os órgãos nucleares iranianos estão esperando a decisão do governo sobre o próximo estágio de redução de suas obrigações sob o JCPOA.

    O anúncio vem um dia depois que a agência Tasnim informou que o Irã iria anunciar novos passos para reduzir os seus compromissos no âmbito do acordo nuclear do Irã em meio às novas sanções dos EUA contra Teerã.

    No domingo (16), a mídia disse que o Irã sinalizaria sua intenção de aumentar seus estoques de urânio enriquecido e água pesada, mas não entrou em mais detalhes.

    Na semana passada, o presidente iraniano Hassan Rouhani advertiu que Teerã continuaria a suspender alguns de seus compromissos sob o acordo nuclear se não vir alguns "sinais positivos" dos restantes signatários do acordo no futuro imediato.

    Mais:

    Israel continuará 'renovando e fortalecendo' instalações nucleares devido a ameaças do Irã
    Rússia apoiaria retorno dos EUA ao acordo nuclear com o Irã, diz diplomata
    Irã não pretende negociar com os EUA após saída do país do pacto nuclear, diz chanceler
    Tags:
    nuclear, restrições, JCPOA, enriquecimento de urânio, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar