16:15 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    990
    Nos siga no

    Ancara vai retaliar se Washington impuser sanções por causa da compra de sistemas russos de defesa antiaérea S-400, declarou o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu.

    "Um país não pode dar instruções a outro sobre como agir. Os EUA devem abandonar esse comportamento. Todos estão preocupados com isto. Até onde isso pode ir? Se os EUA derem passos contra nós, então seremos forçados a fazer o mesmo. Naturalmente, ninguém vai ficar calado", disse Cavusoglu em entrevista ao canal NTV.

    Anteriormente, Ancara salientou que não pretende deixar de comprar S-400, com o primeiro lote vindo a ser fornecido à Turquia em julho. EUA disseram que os sistemas S-400 são incompatíveis com os padrões da OTAN, chegando até mesmo a ameaçar com imposição de sanções caso a compra seja finalizada e com atraso ou cancelamento da venda de caças F-35 para a Turquia.

    Como a revista Foreign Policy informou anteriormente, citando uma carta de 6 de junho, o secretário interino de Defesa dos EUA, Patrick Shanahan, disse ao ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, que os pilotos turcos, que estão treinando para usar caças F-35 nos EUA, devem deixar o país até 31 de julho, e os EUA não vão aceitar novos pilotos para treinamento.

    Mais:

    Bloomberg revela 'recusa' da Rússia em vender sistemas S-400 ao Irã
    General turco: sistema S-400 russo é apenas pretexto para retirar Turquia do programa F-35 dos EUA
    EUA alertam que Índia pode sofrer 'sérias implicações' se comprar sistema russo S-400
    Tags:
    Mevlut Cavusoglu, russos, sistemas, S-400, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar