03:53 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Ron Paul em 2011.

    Bolton e Pompeo estão empurrando Trump para a guerra com o Irã, diz ex-congressista

    © flickr.com/ Gage Skidmore
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9160

    Os assessores "belicistas" da equipe do presidente estadunidense Donald Trump o estão empurrando para o conflito com o Irã, já que a situação na região se torna mais perigosa a cada dia, afirmou o ex-congressista republicano Ron Paul.

    Os Estados Unidos estão envolvidos em "belicismo na bandeira vermelha", enquanto John Bolton, assessor de segurança nacional de Trump, e Mike Pompeo, secretário de Estado dos EUA, "estão brigando" com o Irã, declarou Paul a Jesse Ventura em seu programa 'The World According to Jesse'.

    "E nosso presidente está meio no meio. Ele está indo e voltando. Um dia ele diz que temos que lidar com esse complexo militar-industrial. Ao mesmo tempo, ele está contratando esses neocons [neoconservadores]. É uma verdadeira bagunça", prosseguiu.

    O Pentágono recentemente implantou um grupo de ataque de porta-aviões perto de águas iranianas, e revelou planos de enviar mais 1.500 soldados para o vizinho Iraque. Essa postura é "muito perigosa", considerando as já intensificadas tensões na região, ressaltou o ex-congressista.

    No programa da RT, o político, que lidera o Instituto Libertário Ron Paul para a Paz e Prosperidade, também discutiu a atual guerra comercial de Washington com a China. Imprimindo quantias ilimitadas de dólares, os Estados Unidos conseguiram dar "pedaços de papel" a Pequim em troca de bens e serviços ao longo dos anos, avaliou ele.

    Mais:

    Comandante iraniano: guerra com Irã é situação da qual para EUA seria difícil sair
    De olho no Irã, Trump anuncia envio de tropas ao Oriente Médio
    Ministro iraniano afirma que Trump não verá o fim do Irã
    Tags:
    violência, relações bilaterais, conflito, guerra, John Bolton, Mike Pompeo, Donald Trump, Ron Paul, Estados Unidos, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar