00:37 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei

    Líder supremo do Irã diz que jovens verão morte dos 'degenerados' EUA e Israel

    © AP Photo / Office of the Iranian Supreme Leader
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13213
    Nos siga no

    Durante uma reunião com estudantes, o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, assegurou aos jovens do país que eles verão a "morte" dos inimigos do Irã.

    "Vocês os jovens devem ter certeza de que vão testemunhar a morte dos inimigos da humanidade, ou seja, da degenerada civilização americana, e a morte de Israel", disse Khamenei.

    Ele não aprofundou mais as maneiras como o Irã planeja alcançar este objetivo. Esta não é a primeira vez que Teerã promete eliminar o estado judeu e ameaça os EUA.

    No entanto, na sua declaração mais recente Khamenei disse que o povo iraniano não procura a guerra com Washington, mas vai resistir à pressão dos EUA até que eles sejam "forçados a se retirarem".

    Seus comentários vieram em resposta às advertências do presidente norte-americano Donald Trump de que se o Irã decidir atacar os EUA, ou seus interesses na região, isso será o "fim oficial" da República Islâmica. Teerã rebateu suas declarações como sendo "provocações genocidas".

    As relações do Irã com EUA e Israel há muito que têm sido tensas, mas os EUA intensificaram recentemente a sua pressão sobre Teerã, reforçando as sanções econômicas contra este país e enviando mais tropas e equipamentos para a região do Oriente Médio, suscitando preocupações quanto a um possível conflito militar.

    Os EUA têm recentemente reforçado sua presença militar na região do Oriente Médio, enviando para lá alegadamente uma força de bombardeiros B-52, sistemas de defesa antiaérea Patriot adicionais e um grupo de ataque de porta-aviões.

    Ao mesmo tempo, as relações entre Israel e o Irã têm sido muito tensas, com este último negando ao país judeu o direito de existir. Por seu lado, Tel Aviv prometeu fazer tudo o que estiver ao seu alcance para impedir que o Irã obtenha armamento avançado, incluindo armas nucleares.

    Mais:

    Análise: 'É quase impossível que EUA derrotem Irã com um grupo de 120 mil soldados'
    Por que Israel não quer guerra entre EUA e Irã?
    EUA podem enviar mais 5 mil militares ao Oriente Médio em meio a tensões com Irã
    Tags:
    morte, Israel, EUA, Aiatolá Ali Khamenei, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar