16:19 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    File Photo of Rockets Exploding Over Israel

    Israelense é morto em novo ataque com foguetes contra Israel

    © AP Photo / Adel Hana
    Oriente Médio e África
    URL curta
    541

    Um homem de 60 anos foi morto após um foguete atingir sua casa na cidade de Ashkelon, ao sul de Israel. A iformação foi divulgada neste domingo (5) pelo superintendente Micky Rosenfeld, porta-voz da polícia de Israel.

    "Um foguete atingiu Ashkelon causando danos às casas. Um homem de 60 anos morreu no hospital devido aos ferimentos. Unidades de polícia continuam a responder a ataques de foguetes", disse Rosenfeld em sua conta no Twitter. O superintendente também informou na postagem que mais de 430 foguetes foram lançados contra Israel. Uma postagem na rede social feita em nome das Forças de Defesa de Israel (FDI) aponta que o número de foguetes citados pelo superintendente foram lançados nas últimas 24 horas.

    Um alerta prévio de ataque foi emitido por sirenes de ataque aéreo, que soaram na região sul de Israel passado menos de um dia após militantes na região da Faixa de Gaza dispararem mais de 250 foguetes contra o território israelense.

    Os ataques foram respondidos por Israel e 4 palestinos foram mortos, incluindo uma mulher grávida.

    A tensão regional aumentou a partir do sábado (4) quando Israel detectou as ações militares hostis contra seu território partindo da Faixa de Gaza, que deram início a uma escalada de ataques mútuos.

    Mais:

    EUA condenam ataque do Hamas contra Israel
    Israel realiza ataque aéreo contra Faixa de Gaza (VÍDEO)
    Israel ataca 30 alvos do Hamas na Faixa de Gaza (FOTOS, VÍDEOS)
    Israel ataca posições do Hamas em resposta a lançamento de foguetes desde Gaza (VÍDEOS)
    EUA pretendem discutir anexação da Cisjordânia por Israel após formação de novo governo
    Tags:
    conflito israel palestina, Forças de Defesa de Israel (FDI), Micky Rosenfeld, Faixa de Gaza, Ashkelon, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar