05:48 24 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Abdelaziz Bouteflika

    Após 20 anos no poder, presidente argelino anuncia saída e promete transição suave

    © AP Photo / Kayhan Ozer/Pool
    Oriente Médio e África
    URL curta
    310

    O presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, disse em uma mensagem ao chefe do Conselho Constitucional do país na terça-feira que tomou todas as medidas para assegurar a continuidade do poder após sua renúncia.

    Bouteflika, 82, apresentou sua renúncia no início do dia em meio a uma profunda crise política no país.

    "Dentro de meus poderes constitucionais, tomei todas as medidas para assegurar a continuidade no país para o funcionamento normal de suas instituições durante o período de transição, o que deve levar à eleição de um novo presidente da república", disse Bouteflica na mensagem circulada pela agência estatal de notícias APS.

    A Argélia tem experimentado uma onda de protestos contra o governo, desencadeada pelos planos de Bouteflika de buscar um quinto mandato anunciados no final de fevereiro.

    Em 11 de março, Bouteflika retirou a candidatura à reeleição e adiou a votação, marcada inicialmente para 18 de abril. No entanto, os protestos continuaram, com pessoas exigindo mudanças imediatas.

    O chefe do Estado-Maior da Arábia Saudita, general Ahmed Qaid Saleh, pediu na terça-feira à liderança do país que evite adiar a adoção de decisões destinadas a resolver a crise política.

    Tags:
    Conselho Constitucional da Argélia, APS, Ahmed Qaid Saleh, Abdelaziz Bouteflika, Argélia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar