04:20 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano no veículo blindado na Síria (foto de arquivo)

    EUA alocam verba para provocações na Síria, segundo declaração sírio-russa

    © AP Photo / APTV
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9113

    A verba alocada pelos Estados Unidos para auxiliar Síria corresponde a US$ 400 milhões (R$ 1,5 bilhão), que são destinados não para sírios e, sim, para financiar provocações que envolvem até mesmo uso de substâncias tóxicas, de acordo com comunicado conjunto dos quartéis-generais coordenadores da Rússia e da Síria.

    Segundo autoridades militares sírias e russas, "de quase US$ 400 milhões dos EUA, alocados para ajudar a Síria, nem um centavo será para o povo sírio".

    "O valor exposto é distribuído entre as agências da ONU e organizações não governamentais, incluindo sustento e financiamento seguinte das provocações, inclusive com uso de substâncias tóxicas realizadas pelos ativistas dos Capacetes Brancos. Aparentemente, a experiência deles de encenar 'atrocidades do regime' ainda pode ser útil, caso seja necessária justificativa para agressão contra as autoridades legítimas do país", diz a declaração.

    De acordo com o comunicado, os resultados da conferência de Bruxelas, organizada para ajudar a Síria, continuam impondo sanções econômicas aos sírios, enquanto seus organizadores "fingem ajudar a população, que está há oito anos exausta da luta contra o terrorismo internacional".

    Nota-se que a verba recolhida será utilizada apenas para ajudar refugiados residentes na Jordânia, no Líbano e na Turquia, o que deve acelerar assimilação nestes países.

    Mais:

    EUA pretendem fornecer US$ 5 milhões para Capacetes Brancos na Síria
    Grupo ligado à Frente al-Nusra planejava atacar base russa na Síria
    Síria avalia de 'arrogante' proposta de senador dos EUA sobre Golã como parte de Israel
    Tags:
    sedes, provocação, financiamento, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar