07:44 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Membro das milícias curdas perto de Sinjar, 13 de novembro 2015

    Confronto entre militares e milícia curda deixa mortos e feridos no norte do Iraque

    © AP Photo / Bram Janssen
    Oriente Médio e África
    URL curta
    242
    Nos siga no

    Enfrentamentos entre homens do exército iraquiano e da milícia ligada ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) deixaram dois militares mortos e cinco militantes feridos no norte do Iraque neste domingo.

    A informação foi divulgada nesta noite pelas Forças Armadas do Iraque, segundo afirmou a agência Reuters.

    Recep Tayyip Erdogan em encontro com Putin, em 2017.
    © Sputnik / Michael Klimentyev
    Os confrontos ocorreram em Sinjar, na província de Ninawa, depois que os combatentes do PKK tiveram a passagem negada através de um posto de controle do exército, disse o comunicado, acrescentando que os militantes jogaram um veículo contra um soldado e atacaram o posto de controle.

    Até o momento, o PKK ainda não comentou o ocorrido.

    Criado no final da década de 1970, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão é uma organização curda com origem na Turquia, onde luta por mais direitos políticos e culturais para essa população. Por considerar o grupo terrorista, Ancara empreende uma luta armada contra membros do PKK e de organizações aliadas no território turco, na Síria e no Iraque.

    Mais:

    Rússia: situação no nordeste da Síria deve se resolver por diálogo entre curdos e Damasco
    Curdos pedem proteção internacional para apoiar zona de segurança na Síria
    Secretário de Estado dos EUA diz estar 'otimista' sobre futuro de curdos sírios
    Tags:
    curdos, PKK, Turquia, Sinjar, Ninawa, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar