08:04 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4250
    Nos siga no

    O canhão soviético BS-3 de 100 mm, que participou das batalhas contra a Alemanha de Hitler, hoje luta contra os terroristas na Síria e é usado pelos milicianos que estão ao lado das tropas do governo nas cidades de Muhardah e Suqaylbiyah, no norte da província de Hama.

    Segundo o portal Russkoe Oruzhie, durante a fase ativa do conflito esses canhões praticamente não eram vistos.

    Encontre a diferença: Suqaylbiyah e Muhardah

    A única vez em que foram filmadas pelas câmeras foi em novembro de 2017, durante os combates nos arredores de Abu Kemal.

    Também de Suqaylbiyah (Norte de Hama)

    O modelo BS-3 de 1944 foi criado pelo desenvolvedor Vasily Grabin para eliminar os tanques pesados alemães. Segundo o portal, o alcance do tiro direto contra um alvo de dois metros de altura ultrapassava os 1.000 metros, o alcance máximo é superior a 20.000 metros. O peso de combate dessa peça é de apenas 3.650 kg e a cadência de tiro atinge 10 disparos por minuto.

    Mais:

    'Eterno' tanque T-55 soviético é flagrado em manobras do Exército da Mongólia (FOTO)
    No Iraque é avistado veículo blindado de artilharia soviético com armamento atípico (FOTO)
    Projeto de tanque soviético ultrassecreto revela disparo de mísseis nucleares a 13 km
    Tags:
    soviéticas, lenda, canhão, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar