20:36 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Militar hasteia bandeira da Síria na linha de frente em Aleppo

    EUA manterão 200 soldados na Síria após retirada das tropas

    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    Oriente Médio e África
    URL curta
    125
    Nos siga no

    Cerca de 200 soldados dos Estados Unidos permanecerão na Síria depois que as tropas de Washington deixarem o país, afirmou a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, em comunicado nesta quinta-feira (21).

    "Um pequeno grupo de manutenção da paz de cerca de 200 pessoas permanecerá na Síria por um período de tempo", disse Sanders, de acordo com a CBS.

    Mais cedo, a Casa Branca disse que o presidente Donald Trump e o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, conversaram por telefone sobre uma possível criação de uma zona segura no norte da Síria.

    Além disso, altos funcionários do Departamento de Defesa dos EUA receberão seus colegas turcos nesta semana para conversas sobre o conflito na Síria, segundo a Casa Branca.

    Trump anunciou em dezembro que os Estados Unidos deixariam a Síria. No entanto, nenhum cronograma exato para o retorno dos 2 mil soldados foi anunciado.

    As tropas dos EUA operam na Síria como parte de uma coalizão internacional há cerca de cinco anos sem a permissão das autoridades sírias ou do Conselho de Segurança da ONU. Os Estados Unidos apoiaram, em particular, a milícia curda que controla os territórios a leste do Eufrates e se opõe ao governo sírio.

    Mais:

    Especialista: EUA podem deixar na Síria forças treinadas para controle de jazidas
    EUA vão retirar tropas da Síria pelo território do Iraque
    Washington faz tudo para destruir a Síria, diz assessora de Assad
    Duplo atentado suicida mata 15 pessoas na cidade síria de Idlib
    Dinamarca rejeita pedido de Trump para repatriar jihadistas presos na Síria
    Tags:
    Estados Unidos, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar