20:24 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Líder supremo iraniano, Ali Khamenei

    Líder supremo do Irã explica significado do slogan: 'Morte à América!'

    © AP Photo/ Sem credencial
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7186

    O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, explicou que o slogan "Morte à América!" é dirigido apenas contra os altos funcionários norte-americanos como Donald Trump, John Bolton e Mike Pompeo.

    Esse slogan não tem nada a ver com os simples americanos, acrescentou o líder do Irã, mas, segundo ele, continuará atual enquanto a "maldade e a infâmia" forem típicas dos EUA.

    "'Morte à América!' significa morte a Trump, John Bolton e Pompeo, pessoas que são agora líderes americanos", cita Khamenei o seu site oficial.

    Khamenei falava em uma reunião com os comandantes da Força Aérea Iraniana, dedicada ao 40º aniversário da vitória da Revolução Islâmica. Naquela época, o slogan "Morte à América!" era um dos principais entre os participantes do movimento antimonarquia.

    O resultado da revolução de 1979 foi a queda da dinastia Pahlavi e a formação de uma república islâmica. O aniversário da revolução é tradicionalmente comemorado no início de fevereiro.

    As celebrações são chamadas "Fajr decade" ("Dez Dias do Amanhecer"). Começam no primeiro dia de fevereiro e duram 10 dias: desde o momento em que o líder do movimento anti-monarquista Imam Khomeini retornou de um longo exílio até à vitória formal em 11 de fevereiro, quando o comando militar declarou neutralidade.

    Mais:

    EUA prometem ser 'implacáveis' após Irã apresentar novo míssil em instalação subterrânea
    Irã aceita amizade de Washington se os EUA 'se arrependerem', diz presidente
    Irã acusa EUA de apoiarem 'ditadores e carniceiros' que levaram ruína ao Oriente Médio
    Tags:
    políticos, morte, Aiatolá Ali Khamenei, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar