23:28 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro israelense com soldados durante exercícios militares

    FOTOS de Netanyahu com militares são banidas por parecer propaganda eleitoral

    © AP Photo / Dan Balilty
    Oriente Médio e África
    URL curta
    321

    A oposição israelense do Partido Trabalhista está comprando briga com o primeiro-ministro Netanyahu por tirar fotos com militares, alegando que ele está “utilizando os soldados como personagens de sua campanha eleitoral”.

    O procurador-geral israelense, Aluf Avichai Mandelblit, pediu para os candidatos eleitorais deixarem de utilizar fotos com militares durante a campanha eleitoral, após uma petição contra o partido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, conforma o jornal The Times of Israel.

    "Está proibido durante os 90 dias antes das eleições o uso de tropas para propósitos de propaganda, particularmente fotos de soldados com o primeiro-ministro", afirmou o procurador-geral.

    Vale ressaltar que a proibição do procurador-geral engloba todos os candidatos, contudo, afeta significativamente a campanha de Netanyahu.

    O anúncio da medida surge após uma petição contra as diversas fotos de Netanyahu publicadas com soldados das Forças de Defesa de Israel.

    O primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, é, até então, o candidato com maiores chances de vencer as eleições que ocorrerão em abril.

    O partido Likud de Netanyahu defende a utilização das fotos das forças israelenses junto ao primeiro-ministro, alegando ainda que as imagens possuem caráter informativo.

    Mais:

    Avião cargueiro da Força Aérea de Israel derrapa na pista e deixa 2 feridos (FOTO)
    Chefe da inteligência dos EUA alerta Israel sobre possível retaliação iraniana
    Israel vai manter auxílio em Brumadinho enquanto for útil ao resgate, diz embaixador
    Tags:
    campanha eleitoral, eleições, tropas, soldados, Oriente Médio, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar