08:04 21 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988

    Ataque terrorista no Irã teria deixado um militar morto e 5 feridos

    © REUTERS / MORTEZA NIKOUBAZL
    Oriente Médio e África
    URL curta
    814
    Nos siga no

    Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) do Irã foram mortos durante um ataque de terroristas no sudeste do Irã, informa a agência de notícias IRNA neste sábado (2).

    A agência não especificou o número de mortos.

    No entanto, segundo a Fars News uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas. Os terroristas atacaram o quartel-general do IRGC na cidade de Nik Shahr, na província de Sistão-Baluchestão.

    A agência Mehr informa que o grupo terrorista Jaish ul-Adl, fundado por militantes da organização sunita armada Jundallah que tem ligações à Al-Qaeda (proibida na Rússia), reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

    O Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, criado em abril de 1979 a partir das milícias dos Comitês Revolucionários Islâmicos, apoiantes do líder xiita iraniano aiatolá Khomeini, está sob comando do líder supremo do Irã. O IRGC é composto pelo comando principal, estado-maior conjunto, forças aérea, terrestre e naval e inclui as forças especiais Quds e as forças da milícia nacional Basij.

    Mais:

    Forças israelenses realizam exercício militar perto do Líbano em meio a tensões com Irã
    Síria e Irã concordam em abandonar o dólar nas transações bilaterais
    Inteligência dos EUA: Irã não está produzindo dispositivos nucleares
    Tags:
    terroristas, ataque, Al-Qaeda, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar