09:38 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    290
    Nos siga no

    Soldados russos encontraram na Síria um esconderijo de armas antitanque na província de Daraa, que foi deixado para trás pelos terroristas que se renderam, relatou a repórteres Valery Shkolnik, representante das Forças Armadas da Federação da Rússia.

    "Aqui é apresentado arsenal que, nas últimas 24 horas, foi apreendido de alguns grupos armados e que foi anteriormente vendido para atos terroristas no território das províncias meridionais da República Árabe da Síria, incluindo na província de Daraa", declarou a autoridade russa, apresentando parte do arsenal encontrado.

    Segundo Valery Shkolnik, no depósito de terroristas havia granadas antitanque, um lança-granadas antitanque, um contêiner do míssil guiado antitanque TOW-2, que é capaz de atingir alvos a 4 km, e granadas de mão caseiras.

    Além do mais, foram encontrados foguetes de 122 mm para lançadores múltiplos de foguetes, minas de 120 milímetros, bolsas para transporte granadas para um lançador de granadas propulsadas RPG-7 e outros armamentos.

    "Todas as armas encontradas serão destruídas em breve no polígono", afirmou Shkolnik. O representante das Forças Armadas da Rússia também relatou a geografia das munições e armas apreendidas: de acordo com as marcas, nas mãos dos terroristas foram parar artilharia dos antigos membros do Pacto de Varsóvia e minas americanas e francesas.

    Mais:

    Curdos apoiados pelos EUA são atingidos por ataque suicida na Síria; mídia relata 5 mortes
    'Defesa antiaérea da Síria se torna cada vez mais eficaz', afirma especialista
    Senador americano: EUA causaram problema das YPG na Síria e o devem resolver
    Tags:
    armazém, terroristas, Forças Armadas da Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar