15:19 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, visita um posto militar durante uma visita ao Monte Hermon, nas Colinas de Golã (foro de arquivo)

    Netanyahu declara prontidão em retaliar qualquer país que ameace segurança de Israel

    © AP Photo / Baz Ratner
    Oriente Médio e África
    URL curta
    181515
    Nos siga no

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta segunda-feira (21) que Israel está pronto para retaliar qualquer país que ameace a segurança do Estado judeu.

    "Estamos combatendo o Irã e as forças sírias que apoiam a agressão iraniana. Quem tentar nos machucar, será machucado por nós. Quem ameaçar nos destruir, suportará toda a responsabilidade [de suas ameaças]", declarou Netanyahu na inauguração do Aeroporto Internacional Ramon.

    "Nós não vamos ignorar esses atos agressivos, com Irã tentando se reforçar militarmente na Síria e declarando explicitamente que pretende destruir Israel", acrescentou Netanyahu.

    Os militares israelenses afirmam que os ataques realizados na noite passada foram efetuados contra instalações militares iranianas na Síria e em resposta a um ataque contra as Colinas de Golã.

    Na sua conta do Twitter as Forças de Defesa de Israel declararam que consideram Damasco responsável por tudo que está acontecendo no país árabe e advertiram para não alvejar Israel ou permitir que outros alvejem Israel do seu território.

    Israel tem se posicionado contra a presença militar iraniana na Síria, preocupando-se com a possibilidade de Teerã alcançar uma maior influência na região.

    Mais:

    Exército de Israel publica VÍDEO do ataque contra baterias de defesa antiaérea sírias
    Forças da defesa antiaérea da Síria repelem ataque aéreo de Israel
    Exército israelense reconhece que Israel forneceu armas a grupos rebeldes na Síria
    Tags:
    prontidão de combate, IDF, Benjamin Netanyahu, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar