02:20 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    F-16 da Força Aérea da Turquia

    Turquia pede permissão da Rússia para usar espaço aéreo sírio?

    © AFP 2019 / Jorge Guerrero
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6112

    A Turquia pediu a permissão da Rússia para usar o espaço aéreo sírio, afirmou o especialista turco Metin Gurcan do Centro de Estudos Políticos de Istambul.

    A delegação turca, encabeçada pelo chanceler Mevlut Cavusoglu, que visitou Moscou em 29 de dezembro pediu a permissão da Rússia para usar o espaço aéreo sírio, escreveu Metin Gurcan no seu artigo para Al Monitor, citando fontes anônimas em Ancara. Ele insistiu que era precisamente esse o objetivo da viagem da delegação à Rússia.

    Segundo os dados de Gurcan, Ancara planeja usar o espaço aéreo da Síria e algumas bases militares que se encontram entre 300 e 350 quilômetros da fronteira com a Turquia.

    "Isso significaria que os F-16 turcos poderiam voar, mais ou menos, até Deir ez-Zor", explicou o autor do artigo.

    Ele afirmou que Ancara também está pedindo coordenação com as forças russas para convencer o Exército de Bashar Assad a não atacar os aviões e helicópteros militares turcos.

    Os responsáveis oficiais turcos pensam que Damasco não pode declarar unilateralmente uma zona de interdição aérea sem a permissão de Moscou, levando em conta que os seus sistemas de defesa antiaérea S-200 e S-300 não são tecnicamente capazes de resistir, escreveu o especialista.

    Gurcan escreveu que a fase atual da operação militar turca no nordeste da Síria requer a abertura do espaço aéreo sírio para a Força Aérea turca. O especialista lembrou que ao começar a operação Ramo de Oliveira Ancara recebeu um apoio significativo da Rússia no espaço aéreo sírio, já que Moscou o abria e fechava periodicamente para os turcos.

    "Noutras palavras, a permissão de Moscou a Ancara para usar o espaço aéreo sírio permite à Rússia determinar o ritmo e a duração das operações militares turcas na Síria", assinalou.

    Ancara considera necessário usar o espaço aéreo sírio tanto para as operações ao leste do Eufrates, como para a erradicação dos terroristas restantes do Daesh (proibido na Rússia e em vários outros países).

    Foi à Turquia que Donald Trump incumbiu liquidar o Daesh após a retirada das tropas norte-americanas da Síria. Depois da saída dos EUA, a Turquia pode se converter em um ator-chave no palco sírio em 2019, prognosticou a jornalista russa Marianna Belenkaya.

    Mais:

    EUA realizam reconhecimento aéreo nas proximidades da base russa na Síria
    10 civis morrem em ataque da coalizão liderada pelos EUA na Síria
    Governo britânico admite que fracassou em seus objetivos na Síria
    Qual foi o papel da Turquia na retirada das tropas dos EUA da Síria?
    Tags:
    espaço aéreo, operação militar, permissão, F-16, Rússia, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar