06:58 15 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4111
    Nos siga no

    Nesta segunda-feira (31), o comando das Forças Armadas iraquianas comunicou sobre a eliminação de 30 comandantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) como resultado de um ataque aéreo no povoado sírio de al-Susah, situado na província de Deir ez-Zor.

    "Hoje [31], aviões iraquianos F-16 efetuaram um potente e doloroso ataque aéreo contra a área de al-Susah no território sírio. O alvo foi completamente eliminado – um prédio de dois andares, utilizado como abrigo dos terroristas e local para suas reuniões", lê-se no comunicado da assessoria do comando, recebido pela Sputnik.

    Segundo o comunicado, o ataque aéreo foi levado a cabo durante uma reunião de "30 comandantes do Daesh de alto escalão".

    O povoado de al-Susah fica nos arredores da cidade de Hajin, um dos últimos bastiões do Daesh na Síria. Dos combates pela libertação da cidade participam as Forças Democráticas da Síria (FDS) ao lado da coalizão internacional, que opera no território sírio sem autorização das autoridades do país.

    Neste domingo (30), as Forças Armadas do Iraque receberam autorização do presidente sírio Bashar Assad de atacar as posições do Daesh no território sírio, sem precisar conciliar suas ações com Damasco.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar