22:59 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Militante do Hezbollah na Torre de Vigilância

    Netanyahu: Hezbollah planeja criar usinas para produção de mísseis de precisão

    © AP Photo / Bilal Hussein
    Oriente Médio e África
    URL curta
    314
    Nos siga no

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou que o movimento Hezbollah está tentando criar usinas para produção de mísseis de precisão alternativa.

    Ele acrescentou que hoje em dia o Hezbollah tem apenas algumas dúzias de mísseis de precisão no seu arsenal.

    "Aquelas instalações perto do aeroporto de Beirute, as instalações subterrâneas para conversão de precisão de mísseis, que a inteligência militar [israelense] me entregou, para expor, aquelas instalações foram fechadas. Eles estão tentando abrir outras instalações. Mas, através dessas medidas, nós estamos negando-lhes armas de precisão", disse Netanyahu.

    Anteriormente, o subsecretário-geral do movimento libanês Hezbollah, Naim Qassem, declarou que o Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis.

    "Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.

    Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

    As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, destinada a destruir túneis do Hezbollah usados, segundo os israelenses, para canalizar militantes e armas na fronteira entre Israel e o Líbano.

    Mais:

    Hezbollah: terroristas por trás dos ataques no sul da Síria recebem 'assistência' dos EUA
    Tags:
    mísseis, Hezbollah, Benjamin Netanyahu, Israel, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar