20:03 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Polícia de Israel conduz um manifestante muçulmano durante confrontos em Jerusalém, em 21 de julho de 2017

    Palestino é morto por forças israelenses na Cisjordânia

    © REUTERS / Ammar Awad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    303

    Um palestino foi morto pelas forças israelenses na Cisjordânia ocupada nesta terça-feira (4), informou a mídia oficial palestina e uma fonte médica ouvida pela Agence France-Presse (AFP).

    Mohammad Habali, de 22 anos, foi baleado depois que forças israelenses realizaram uma incursão noturna na cidade de Tulkarm, no norte da Cisjordânia, informou a agência de notícias oficial palestina Wafa.

    Uma fonte médica na área disse que Habali foi atingido na cabeça. O exército israelense confirmou que usou munição letal para dispersar manifestantes.

    "Durante a noite, houve uma atividade operacional da IDF [Exército israelense] em Tulkarm, durante a qual uma rebelião violenta foi instigada", disse uma porta-voz do Exército.

    Os manifestantes lançaram pedras contra os soldados, com as forças "respondendo com meios de dispersão de tumultos e depois com armas de fogo", disse ela.

    Israel realiza regularmente incursões dentro da Cisjordânia que, segundo ela, são necessárias para deter criminosos violentos e possíveis invasores.

    A Autoridade Palestina, que tem autonomia limitada em partes da Cisjordânia, diz que essas invasões são uma violação dos acordos que Israel assinou.

    Mais:

    'Jerusalém para ambos': chefe da ONU pede solução de 2 Estados para Israel e Palestina
    Rússia insiste na proposta de sediar negociação de paz entre Palestina e Israel
    'Não vejo solução para este conflito': analista comenta confronto entre Israel e Palestina
    Vice-presidente da China visita Palestina e Israel
    ONU aprova resolução concedendo mais direitos à Palestina na presidência do G77
    Tags:
    Israel, Palestina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik