10:02 15 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Forças dos EUA acompanhadas pelos combatentes da YPG na fronteira turco-síria

    Pentágono: EUA vão instalar 'postos de observação' ao longo da fronteira sírio-turca

    © AFP 2018 / DELIL SOULEIMAN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    325

    Os EUA vão instalar "postos de observação" ao longo da fronteira entre Síria e Turquia para atender às preocupações turcas em torno das relações de Washington com as Unidades de Proteção Popular (YPG) curdas, consideradas terroristas por Ancara, afirmou na quarta-feira (21), o secretário de defesa americano, James Mattis.

    Segundo Mattis, A Turquia tem preocupações "legítimas" com ameaças terroristas na Síria e o país norte-americano não as descarta.

    "Estamos colocando postos de observação em vários locais ao longo da fronteira […] no norte da Síria, porque queremos ser aquelas pessoas que ligam para os turcos e os avisam se vemos algo saindo da área onde estamos operando", disse Mattis.

    A Turquia condena o apoio dos EUA às YPG, considerando-as como uma extensão do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), banido no país por ser classificado como organização terrorista.

    Os Estados Unidos afirmaram em várias ocasiões que as tensões entre a Turquia e as Forças Democráticas da Síria, que incluem também a milícia das YPG, têm desacelerado o progresso no combate ao grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia).

    Mais:

    EUA ameaçam com 'graves consequências' todos que fornecem petróleo à Síria
    Enviado dos EUA: as forças militares estrangeiras, tirando as russas, devem deixar a Síria
    Tags:
    terroristas, fronteira, postos de observação, Daesh, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Unidades de Proteção Popular (YPG), Turquia, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik