03:44 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Capacetes azuis da ONU em missão de paz no Congo

    7 soldados da ONU são mortos na República Democrática do Congo

    © REUTERS / Stringer
    Oriente Médio e África
    URL curta
    112

    Na quarta-feira (14), 7 soldados da Organização das Nações Unidas (ONU) foram mortos durante uma operação na República Democrática do Congo (RDC). Também morreram um número desconhecido de militares congoleses. As fatalidades aconteceram na província de Kivu Norte, onde trabalhadores de saúde internacionais estão combatendo um surto de ebola.

    A informação foi divulgada nesta quinta-feira (15) pelo porta-voz da ONU, Stephane Dujarric.

    "Nossos colegas de missão de paz nos disseram que seis soldados de paz do Malaui e um da Tanzânia, que faziam parte da operação de paz da ONU na RDC, foram mortos ontem no território de Beni, em Kivu do Norte", afirmou o porta-voz a repórteres.

    "Esta é a área onde há um surto de ebola e a insegurança tem sido um obstáculo para a resposta ao surto", acrescentou Dujarric.

    Ele ainda disse que informações preliminares indicam que outros 10 soldados da ONU foram feridos e um está desaparecido. Vários soldados das forças armadas congolesas também teriam sido mortos ou feridos.

    As tropas foram mortas durante uma operação conjunta realizada pela missão de paz da ONU e pelas forças armadas congolesas contra o grupo rebelde Aliado Democrático.

    As autoridades da ONU alertam há semanas que os combates em Kivu do Norte estavam dificultando a resposta internacional ao surto de ebola, que infectou cerca de 300 pessoas e matou quase dois terços delas, segundo o Ministério de Saúde Pública congolês.

    Mais:

    Sobe para 72 o número de mortos por ebola no Congo
    Estupros, crianças-soldado, canibalismo e outras atrocidades que guerra trouxe ao Congo
    Tribunal Internacional liberta condenado por crimes de guerra e incendeia o Congo
    Ebola volta a assustar: República Democrática do Congo já tem quase 30 casos confirmados
    Tags:
    mortos em conflito, missão de paz da ONU, Ebola, Aliado Democrático, Ministério de Saúde Pública do Congo, ONU, Stephane Dujarric, Tanzânia, Malaui, República Democrática do Congo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik