17:49 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Pessoas protestam perto do consulado da Arábia Saudita em Istambul após o desaparecimento do jornalista Jamal Khashoggi, 9 de outubro de 2018

    EUA anunciam 17 sanções contra Arábia Saudita em razão do assassinato de jornalista

    © AFP 2018 / Ozan Kose
    Oriente Médio e África
    URL curta
    216

    No início desta quinta-feira (15), o procurador saudita Saud al-Mojeb exigiu a pena de morte para cinco dos 11 acusados no caso do assassinato do jornalista saudita em um complexo diplomático da Arábia Saudita em Istambul.

    O Tesouro dos EUA deve anunciar sanções contra 17 indivíduos sauditas sobre seus papéis no assassinato de Jamal Khashoggi, disse à Reuters uma fonte com conhecimento da situação.

    De acordo com a fonte, as sanções do Tesouro incluirão restrições a Saud al-Qahtani, antigo assessor do príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, bem como a Mohammed Alotaibi, conselheiro geral do consulado da Arábia Saudita em Istambul.

    No começo do dia, o escritório do promotor geral saudita exigiu a pena de morte para cinco indivíduos suspeitos de ordenar o assassinato de Khashoggi e executá-lo.

    Tags:
    assassinato de Jamal Khashoggi, sanções, Estados Unidos, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik