16:34 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Veículo explodido em Somália  (foto de arquivo).

    Atentado terrorista mata 53 na Somália

    © AP Photo / Farah Abdi Warsameh
    Oriente Médio e África
    URL curta
    302

    Autoridades policiais e médicas na Somália disseram que chegou a 53 o número de mortos nos atentados de sexta-feira (9). Outras 100 pessoas ficaram feridas.

    O capitão Mohamed Hussein, um oficial da polícia somali, disse que muitos dos feridos sofreram ferimentos sérios, alimentando temores de que o número de mortes possa aumentar ainda mais. O número dado por Hussein é compatível com as entradas em hospitais.

    Ahmed Yusuf, um enfermeiro do hospital Madina, disse que os hospitais de Mogadíscio estão lidando com o fluxo de vítimas feridas que estão procurando atendimento apenas neste sábado (10).

    Quatro carros-bomba de extremistas islâmicos explodiram em frente a um hotel na capital, Mogadíscio. Após as três explosões em frente ao hotel, uma quarta explosão ocorreu quando os médicos tentavam resgatar os feridos.

    Os rebeldes extremistas do grupo Al-Shabab reivindicaram a responsabilidade pelas bombas.

    Mais:

    EUA eliminam 60 militantes islâmicos na Somália em maior ataque aéreo do ano
    Testemunhas relatam 2 explosões em Mogadíscio, capital da Somália (FOTOS)
    Um soldado dos EUA é morto e outros quatro ficam feridos em ataque terrorista na Somália
    Autoridades são mortas por terroristas na Somália
    Carro-bomba deixa 14 mortos na Somália
    Tags:
    al-Shabab, Somália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik