00:19 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Caças F-15 da Força Aérea da Arábia Saudita

    EUA irão intrerromper reabastecimento de aeronaves sauditas

    © AP Photo / Hassan Ammar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5110

    A administração Trump está terminando a prática de reabastecimento aéreo de aeronaves da coalizão saudita e sua decisão deve ser divulgada nos próximos dias.

    A decisão foi tomada em meio a críticas crescentes aos ataques aéreos da coalizão liderada pela Arábia Saudita no contexto do conflito no Iêmen, que de acordo com um Comitê de Direitos Humanos da ONU, é responsável por dezenas de mortes de civis, freqüentemente usando munições fornecidas pelos EUA. O movimento também vem depois de uma onda de críticas em todo o mundo sobre o assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi no consulado saudita em Istambul.

    Enquanto isso, a Riad declarou que a Arábia Saudita e seus aliados foram capazes de "aumentar sua capacidade" de reabastecer seus jatos, e assim o farão independentemente.

    Na sexta-feira, os senadores norte-americano Jeanne Shaheen e Todd Young fizeram um apelo ao presidente Donald Trump para suspender o reabastecimento de aviões da coalizão saudita nos EUA até que a Riad faça um esforço para acabar com as mortes de civis.

    O Iêmen está imerso há três anos em um conflito, no qual o governo liderado pelo presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi combate o movimento Houthi.

    Mais:

    Mídia: Trump acusa Arábia Saudita de não saber usar armas americanas no Iêmen
    Cessar-fogo no Iêmen se torna possível com retirada do apoio dos EUA à coalizão saudita
    EUA querem cessar-fogo no Iêmen nos próximos 30 dias, diz James Mattis
    Pelo menos 20 mortos em ataque da coalizão no Iêmen
    Tags:
    aeronaves, abastecimento, Iêmen, Arábia Saudita, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik