01:45 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Acampamento de refugiados Rukban no sul da Síria (arquivo)

    Moscou considera ações de Washington no sul da Síria como 'ocupação'

    © AP Photo / Raad Adayleh
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14212

    Ministério das Relações Exteriores da Rússia qualificou as ações dos Estados Unidos no sul da Síria como "ocupação" militar.

    A representante oficial da chancelaria russa, Maria Zakharova, expressou preocupações de Moscou com as ações de Washington tanto no nordeste do pais árabe como no sul, na região de Al-Tanf.

    "Continuamos preocupados tanto com a situação no nordeste da Síria, onde os EUA não deixam de tentar se aproximar da parte dos curdos adepta do separatismo, como no sul do país, na região de Al-Tanf, onde de fato tem lugar uma ocupação evidente de território soberano sírio pelas forças americanas", disse Zakharova.

    A chancelaria russa afirma ter dados que os militantes, que encontraram um "refúgio" no território controlado pelos EUA em Al-Tanf, exigem dinheiro aos habitantes locais que desejam abandonar a área, nomeadamente 2 mil dólares por pessoa.

    Moscou criticou em várias ocasiões a campanha militar dos Estados Unidos na Síria, que não foi autorizada nem pela ONU nem por Damasco.

    Anteriormente, o Ministério da Defesa russo responsabilizou os EUA pela situação de calamidade em que estão mais de 70 mil refugiados sírios no campo de Rukban, no sul do país árabe. O campo de refugiados está situado perto da base militar estadunidense na região de Al-Tanf.

    A Defesa russa destacou que foram os EUA que proibiram o acesso a uma zona de 55 quilômetros ao redor de sua base às estruturas governamentais sírias e organizações humanitárias.

    Mais:

    Estados Unidos coordenaram ataque de drones à base russa na Síria, diz Defesa russa
    Como entrega dos S-300 russos à Síria altera balanço de forças no Oriente Médio?
    Tags:
    refugiados, acampamento, campanha militar, ocupação, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, Rukban, Al-Tanf, Rússia, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik