16:53 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Jamal Khashoggi

    Arábia Saudita se prepara para admitir a morte de Khashoggi, diz emissora de TV

    © AP Photo/ Hasan Jamali
    Oriente Médio e África
    URL curta
    12131

    O governo da Arábia Saudita está se preparando para admitir que o jornalista Jamal Khashoggi morreu durante um interrogatório que "terminou mal", informou a rede de televisão norte-americana CNN.

    "A Arábia Saudita está se preparando para admitir que Khashoggi foi morto", disseram fontes do jornal, dizendo que a morte ocorreu por causa de um "interrogatório que terminou mal".

    Khashoggi, colunista do jornal Washington Post, que vivia nos EUA desde 2017, foi dado como desaparecido em 2 de outubro.

    O jornalista foi gravado por câmeras enquanto entrava no consulado saudita em Istambul.

    De acordo com a sua parceira, uma cidadã turca com quem ele iria se casar, Khashoggi foi convidado para o consulado para obter os documentos necessários para seu casamento e ela ficou do lado de fora do prédio esperando por ele.

    Depois de cinco horas, um dos funcionários do consulado disse à mulher que seu noivo já havia partido.

    Riad diz que Khashoggi desapareceu depois de deixar o consulado e sua legação diplomática coopera com as autoridades turcas para esclarecer as circunstâncias do desaparecimento do jornalista; as câmeras de vigilância supostamente não funcionaram naquele dia.

    Tags:
    jornalista, morte, Jamal Khashoggi, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik