08:21 17 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Cybercrime

    Rede social letã é hackeada em dia de eleições parlamentares no país

    CC0
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2 0 0

    A rede social da Letônia, Draugiem.lv, foi submetida a um ataque cibernético em meio a eleições parlamentares no país, disse neste sábado um representante do Grupo Draugiem.

    "Atualmente, a operação do portal está suspensa por várias horas, a fim de remediar as consequências [do ataque cibernético]", disse Janis Palkavnieks, representante do Grupo Draugiem.

    Como resultado do ataque, a homepage da rede social começou a mostrar fotos mostrando símbolos russos, o presidente russo Vladimir Putin e fotos de militares sem sinais distintos. Além disso, a página inicial do Draugiem.lv transmitia música semelhante ao hino da Rússia ou da União Soviética.

    Os letões estão atualmente elegendo 100 legisladores para o parlamento do país. Ao meio-dia, o comparecimento dos eleitores foi de 22%. Durante a votação, a Polícia Estadual da Letônia deteve cinco pessoas devido a conduta violenta nas seções eleitorais, confirmou a porta-voz Simona Gravite.

    "A polícia registrou casos separados, nos quais emergiram situações de conflito. Houve um total de cinco casos. Em quatro casos, processos administrativos foram iniciados", disse Gravite a repórteres.

    De acordo com o representante da Polícia Estadual, os policiais receberam 24 denúncias de violações das regras de angariação de fundos, com vários relatos não confirmados.

    As estações de votação em toda a Letônia fecharam às 20h00 na hora local (14:00 GMT).

    Tags:
    Polícia Estadual da Letônia, Grupo Draugiem, Simona Gravite, Janis Palkavnieks, União Soviética, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik