08:50 17 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Mohammad bin Salman bin Abdulaziz Al Saud, príncipe herdeiro da Arábia Saudita, em Londres, para encontrar a premiê britânica, Theresa May

    Príncipe herdeiro saudita diz que Riad não vai pagar aos EUA por segurança

    © AP Photo / Alastair Grant
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5100

    O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammad bin Salman, declarou que a Riad não vai fazer pagamentos adicionais aos Estados Unidos em troca de segurança.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, havia dito durante a semana que, embora ele gosta do rei saudita Salman bin Abdulaziz, este "não iria durar duas semanas" sem o apoio dos EUA e, portanto, a Arábia Saudita deveria recompensá-lo.

    "Nós não vamos pagar nada em troca de nossa segurança, nós pagamos por todo o armamento que os EUA nos forneceram, não foi de graça. Desde que as relações entre a Arábia Saudita e os Estados Unidos foram estabelecidas, sempre pagamos pelo que adquirimos", disse o príncipe.

    Ele acrescentou que há dois anos a Riad priorizou a compra de armas de outros países, mas desde que Trump assumiu a Casa Branca, o reino saudita reformulou sua estratégia pelos próximos dez anos e decidiu adquirir mais de 60% de suas armas dos EUA, send que os outros 40% seriam fabricados em território saudita com o uso de tecnologia dos EUA, que envolverá cerca de 400 bilhões de dólares em despesas e investimentos.

    Mais:

    Austrália é pressionada para suspender envio de armas para a Arábia Saudita
    Embaixador saudita teme sanções dos EUA por compra do sistema S-400 russo
    Alemanha aprova venda de armas à Arábia Saudita sob condição envolvendo Iêmen
    Premiê da Espanha reafirma apoio à rescisão da venda de bombas para a Arábia Saudita
    Tags:
    armamento, segurança, Donald Trump, Mohammad bin Salman, EUA, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik