13:31 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na reunião semanal de gabinete em Jerusalém, 16 de setembro de 2018

    Primeiro-ministro israelense acusa autoridade nacional palestina de 'sufocar' Gaza

    © AP Photo / Sebastian Scheiner
    Oriente Médio e África
    URL curta
    215

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, acusou na quinta-feira a Autoridade Nacional Palestina (ANP) de sufocar Gaza, controlada pelo movimento Hamas, e alertou sobre as graves consequências desta política para a região.

    "Os países [do mundo] têm que se levantar e dizer: 'Aproveitem o que você está fazendo', especialmente o sufocamento de Gaza… que pode levar a conseqüências muito difíceis", disse Netanyahu em uma entrevista coletiva à imprensa com a chanceler alemã, Angela Merkel.

     

    As tensões de longa data entre Israel e a Palestina aumentaram no final de março, quando os palestinos lançaram protestos na fronteira de Gaza.

    Os palestinos buscam o reconhecimento diplomático de seu estado independente nos territórios da Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental e a Faixa de Gaza. O governo israelense se recusa a reconhecer a Palestina como uma entidade política e diplomática independente e continua a construir assentamentos dentro das áreas ocupadas, apesar das objeções das Nações Unidas.

    O processo de paz entre as duas nações  tem sido uma questão de preocupação global com a questão do envolvimento de mediadores internacionais. O Quarteto do Oriente Médio tem estado ativo desde 2002 e está focado no apoio à Palestina no desenvolvimento de sua economia, instituições públicas, estado de direito em preparação para um eventual estado.

     

    Tags:
    paz, conflito, Gaza, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik