08:31 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Palestinian President Mahmoud Abbas

    Decisões de Trump prejudicam processo de paz, diz presidente palestino

    © REUTERS / Issam Rimawi/Pool/File
    Oriente Médio e África
    URL curta
    150

    O presidente dos EUA, Donald Trump, deve revogar suas decisões contra o povo palestino, a fim de alcançar a paz, disse o presidente palestino Abbas nesta quinta-feira (27).

    "Se o governo dos EUA não respeitar o acordo, não poderemos fazer a nossa parte", disse o presidente palestino, Mahmoud Abbas, à Assembleia Geral das Nações Unidas.

    Abbas disse que o governo palestino e as pessoas ficaram chocadas por decisões de Trump de mover a embaixada dos EUA em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, para encerrar o escritório palestino em Washington e tomar o status de Jerusalém Oriental da mesa de negociações.

    Trump e as decisões de seu governo sobre o conflito israelo-palestino constituíram um ataque à lei internacional, disse Abbas.

    "Agora vemos os EUA com novos olhos. Os EUA não podem ser mediadores sozinho… porque são muito tendenciosos em relação a Israel ", disse ele.

    A Palestina continua empenhada em estabelecer fronteiras estabelecidas e em ter toda a Jerusalém Oriental, incluindo os lugares sagrados como sua capital, insistiu Abbas.

    Por décadas, Israel e Palestina foram presos em uma disputa territorial amarga, que se transformou em um conflito militar de pleno direito várias vezes. Israel tomou a parte oriental de Jerusalém em 1967 durante a Guerra dos Seis Dias. No entanto, a comunidade internacional não reconhece essa anexação, pois os palestinos também reivindicam a cidade como sua capital.

    Tags:
    paz, Mahmoud Abbas, Palestina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik