16:43 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Militares israelenses na Síria

    Irã avisa Israel sobre resposta dura a seus ataques contra Síria

    © REUTERS / Baz Ratner
    Oriente Médio e África
    URL curta
    15214

    O secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniano, Ali Shamkhani, avisou Israel sobre novos ataques contra o território sírio.

    "Se isso continuar, Israel enfrentará uma reação que o fará se arrepender", disse Shamkhani, citado pela agência Tasnim.

    O alto funcionário indicou que "o regime sionista busca eternizar a crise na Síria apoiando diretamente os grupos terroristas e atacando o Exército sírio e as forças que lutam contra os terroristas".

    Em 25 de setembro, o comando político-militar israelense ordenou às suas tropas para continuarem bombardeando as "forças iranianas na Síria, mantendo sempre a coordenação com os colegas russos em matéria de segurança", segundo o comunicado da reunião dos principais ministros do governo israelense.

    Tudo isso é resultado da derrubada do avião russo Il-20 na Síria.

    Em 17 de setembro, a base aérea russa de Hmeymim, na Síria, perdeu contato com a tripulação da aeronave militar, que estava monitorando a situação no terreno na província síria de Idlib. Ao mesmo tempo, quatro jatos israelenses F-16 atingiram alvos sírios na província de Latakia.

    Quando a defesa antiaérea síria respondeu ao ataque aéreo israelense na semana passada, um desses mísseis derrubou o avião de reconhecimento russo Il-20.

    Mais:

    Incidente com Il-20 diminuirá possibilidades militares de Israel e Ocidente na Síria?
    Sistemas S-300 fornecidos à Síria podem colocar em xeque ações de Israel e dos caças F-35
    Israel anuncia que continuará agindo contra reforço da presença iraniana na Síria
    Rússia: novos dados indicam claramente que Israel é culpado por derrubada do avião Il-20
    Trump diz na ONU que 'regime açougueiro' da Síria tem aval da Rússia e do Irã
    Tags:
    terroristas, exército, resposta militar, ataque, Il-20, Síria, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik