20:38 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira de Israel

    Ações israelenses na situação com Il-20 'são imprudentes', declara politólogo

    © REUTERS / Ammar Awad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Il-20 russo derrubado na Síria (38)
    436

    O incidente com o Il-20 russo, abatido sobre o mar Mediterrâneo, poderia ter causado "consequências mais sérias", afirmou o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o politólogo Vladimir Bruter comentou essa declaração.

    O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu ressaltou na 73ª sessão da Assembleia Geral da ONU que o incidente com o avião russo, derrubado na Síria, poderia ter causado "consequências mais sérias", segundo a rádio estatal israelense Kan. Porém, ele não detalhou as suas palavras.

    Netanyahu destacou também que o país continuará agindo contra o aumento da presença militar do Irã na Síria e, ao mesmo tempo, planeja manter o diálogo com Moscou.

    "Penso que sob 'consequências mais sérias' Netanyahu subentendeu uma reação mais séria da parte russa. A Rússia continua com sua política de paciência máxima e não faz catástrofe universal da tragédia acontecida, pelo menos, porque, caso fizesse, não estaria longe de uma catástrofe real", comentou ao serviço russo da Rádio Sputnik o politólogo Vladimir Bruter.

    Segundo ele, próprio Netanyahu é culpado do "comportamento imprudente e provocatório" de Israel. Mas a Rússia, com suas ações corretas, conseguiu minimizar os riscos. Mas, se Israel continuar se comportando de tal jeito, as consequências serão piores, concluiu o politólogo.

    Em 17 de setembro, um míssil S-200 do sistema de defesa aérea sírio abateu um avião russo Il-20, que estava voltando para a base de Hmeymim. Ao mesmo tempo quatro caças israelenses F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. Quando a defesa aérea síria respondeu ao ataque aéreo israelense na semana passada, um desses mísseis derrubou o avião de reconhecimento russo Il-20.

    Segundo o Ministério da Defesa russo, os pilotos israelenses usaram o avião russo como cobertura, deixando-o sujeito ao fogo do sistema sírio. O incidente resultou na morte de 15 militares russos. Israel, por sua parte, negou a responsabilidade pelo abate, culpando o Irã e a Síria pelo acontecido.

    Tema:
    Il-20 russo derrubado na Síria (38)
    Tags:
    avião abatido, consequências, incidente, Il-20, Benjamin Netanyahu, Rússia, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik