04:48 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    305
    Nos siga no

    Um adolescente palestino sucumbiu a ferimentos após confrontos com militares israelenses na fronteira entre Israel e a faixa de Gaza, informou à Sputnik o porta-voz do Ministério da Saúde local, Ashraf Kidra, neste domingo (16).

    "Um palestino de 16 anos morreu no hospital devido a graves ferimentos sofridos em confronto com o exército israelense ao sul da faixa de Gaza" afirmou Kidra.

    Desde a sexta-feira (14) quarto palestinos morreram devido a ferimentos sofridos durante confrontos com o Exército israelense na área da Faixa de Gaza. Entre os mortos, o mais jovem tinha 12 anos.

    Os protestos da sexta-feira (14) deram continuidade a uma série de protestos que ocorreram ao longo da semana, dando sequência aos protestos da Grande Marcha do Retorno, que vem ocorrendo desde o dia 30 de março. De acordo com Kidra, os protestos deixaram 178 palestinos mortos e deixaram quase 20 mil feridos.

    De acordo com os militares de Israel, 13 mil pessoas participaram dos protestos na sexta-feira (14). Segundo as informações, os manifestantes atearam fogo em pneus e lançaram objetos explosivos como coquetéis molotov contra a polícia, que abriu fogo em resposta. Os israelenses também afirmam terem atacado locais de operação do Hamas em dois ataques.

    Mais:

    'Novilha vermelha' nasce em Israel e poderá cumprir profecia bíblica sobre fim do mundo
    EUA querem controlar Síria para favorecer Israel, diz chanceler sírio
    Mídia: Israel armou rebeldes no sul da Síria durante anos para conter Irã
    Paraguai retorna embaixada de Jerusalém para Tel Aviv, irrita Israel e agrada palestinos
    Tags:
    conflito israel palestina, Grande Marcha do Retorno, Exército de Israel, Hamas, Ashraf Kidra, Faixa de Gaza, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar