10:59 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Pôster Talibã no Afeganistão

    Rússia espera trazer o Talibã para negociações sobre o Afeganistão

    © REUTERS / Jim Hollander
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1100

    Moscou espera que representantes do movimento Talibã participem de novas consultas em torno da situação de conflito no Afeganistão. A expectativa é que uma rodada de negociações aconteça no final deste ano, segundo afirmou à Sputnik nesta segunda-feira (10) o vice-chanceler russo, Igor Morgulov.

    Morgulov afirmou que o Talibã estava preparado para particpar já em setembro, mas que o governo russo espera que eles estejam prontos mesmo que as negociações ocorram mais tarde. O diplomata ainda confirmou que Moscou espera que o encontro ocorra até o final de 2018.

    Moscou teve uma tentativa frustrada de realizar as negociações sobre o Afeganistão no início de setembro e adiou o encontro após Cabul se recusar a comparecer.

    O alto comissário da ONU para refugiados, Filippo Grandi, disse mais cedo nesta segunda-feira (10) que o diálogo com o Talibã, se bem sucedido, pode promover estabilidade no Afeganistão.

    O Afeganistão tem sofrido com uma situação política instável, o que se reflete em problemas sociais e de segurança no país. Essas questões são consequências diretas da insurgência do Talibã, que se soma à violência de vários grupos terroristas presentes no país, incluindo o Daesh, que foi banido da Rússia.

    Mais:

    Presidente do Afeganistão e chefe da OTAN no país reúnem-se
    Tags:
    negociações, terrorismo, Daesh, Talibã, ONU, Igor Morgulov, Filippo Grandi, Afeganistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik