04:04 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018

    EUA não vão cooperar com a Rússia em Idlib, diz Pentágono

    © AP Photo / Hussein Malla
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8122

    Os EUA estão prontos para apresentar seu próprio plano para efetivamente acabar com o terrorismo na Síria e não vão cooperar com a Rússia sobre o assunto, disse o Pentágono em um comunicado.

    De acordo com o general Joseph Dunford, ele não falou com seu colega russo, general Valery Gerasimov, desde que a crise em Idlib começou e que ele não pretende se comunicar com ele ainda.

    O porta-voz do Pentágono também informou que, segundo estimativas, cerca de 20 a 30 mil terroristas entraram em Idlib para "esconder-se entre centenas de milhares de pessoas" que fugiram da violência em outras áreas da Síria.

    A província de Idlib é a última fortaleza remanescente da insurgência no país. O presidente sírio, Bashar Assad, já havia enfatizado que a libertação da província estava entre as prioridades para as operações militares sírias.

    Tags:
    cooperação, Estados Unidos, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik