11:05 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Abiy Ahmed tomando posse como primeiro-ministro da Etiópia.

    Etiópia abre setor de logística para investimento estrangeiro

    © AP Photo / Mulugeta Ayene
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 20

    A Etiópia abrirá seu setor de logística para investidores estrangeiros, mas limitará sua participação, informou o órgão de investimento estatal nesta terça-feira (4).

    O primeiro-ministro do país, Abiy Ahmed, tem uma agenda de reformas em uma das economias mais engessadas da África. Ele assumiu o cargo em abril. 

    Enquanto a Etiópia introduziu incentivos como isenções fiscais e empréstimos subsidiados para impulsionar o investimento, a burocracia e as restrições logísticas deixam o país em uma posição baixa nos índices globais de logística do comércio do Banco Mundial.

    O mais recente movimento do Conselho de Investimentos da Etiópia — um órgão chefiado por Abiy e composto por vários ministros e pelo presidente do Banco Central — suspendeu as restrições ao investimento estrangeiro em serviços de embalagem, encaminhamento e agenciamento marítimo.

    Esses setores eram exclusivos de cidadãos etíopes. As empresas estrangeiras poderão agora assumir participações de até 49% nos negócios de logística.

    A coalizão governista do presidente Ahmed está no poder desde 1991. Seu antecessor,  Hailemariam Desalegn, renunciou em fevereiro depois de três anos de protestos em que centenas de pessoas foram mortas pelas forças de segurança.

    Mais:

    Especialista sobre China na África: 'Se trata inclusive de um projeto de imagem pública'
    2 trens colidem na África do Sul, ferindo cerca de 100 pessoas
    Quais são os interesses em jogo no fórum entre China e África?
    Após morte de repórteres na África, agência de mídia russa fecha as portas
    Como tweet de Trump pode prejudicar economia da África do Sul?
    Tags:
    Abiy Ahmed, Etiópia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik