10:18 26 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, fala aos membros do seu partido, em 24 de março de 2018

    Erdogan: Turquia não vai pedir permissão de ninguém para comprar mísseis S-400

    © AP Photo / Murat Cetinmuhurdar/Pool Photo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4201

    Ancara não vai pedir permissão de ninguém para comprar sistemas de defesa antiaérea S-400, afirmou neste domingo (2) o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, no decorrer de um fórum na capital do Quirguistão, Bishkek.

    Ancara não vai pedir permissão de ninguém para comprar sistemas de defesa antiaérea S-400, afirmou neste domingo (2) o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, no decorrer de um fórum na capital do Quirguistão, Bishkek. 

    "Firmamos um contrato com a Rússia para a compra dos S-400. Há quem esteja preocupado com isso. Desculpem, mas não vamos pedir a permissão de ninguém", assinalou o líder turco, citado pela edição Milliyet.

    Anteriormente, Erdogan afirmou que o país espera receber os primeiros S-400 no futuro próximo, apesar da pressão por parte dos EUA.

    Além disso, o presidente turco frisou a necessidade de acabar com a hegemonia do dólar no comércio internacional.

    "É necessário acabar com o domínio do dólar no comércio internacional, fazendo o comércio em moedas nacionais", disse.

    De acordo com ele, o sistema ligado ao dólar, criado alegadamente para facilitar o comércio, no momento vem se tornando um grande problema, originando guerras comerciais e protecionismo, o que força a recorrer a novas estratégias em várias esferas. As manipulações com as taxas de câmbio visam minar a confiança na economia turca.

    As relações turco-americanas se agravaram por causa de vários fatores, entre eles, a compra dos sistemas russos S-400 por Ancara, a prisão do pastor norte-americano Andrew Brunson, suspeito de ter estado envolvido no golpe de Estado fracassado em 2016 na Turquia, bem como o aumento das tarifas alfandegárias sobre o alumínio e aço turcos, o que resultou no colapso da moeda nacional da Turquia, a lira. 

    Mais:

    Erdogan: Turquia, Rússia e Irã estão evitando uma catástrofe em Idlib
    'Inaceitável': porta-voz de Erdogan detona desrespeito dos EUA pela Turquia
    'Não há diferença entre atacar nossa economia ou atacar nossa bandeira', diz Erdogan
    Tags:
    dólar, S-400, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik